Ponte Recife/Aracaju – EBA Entre Todos

Um pouco da nossa experiência na EBA Entre Todos em Aracaju/SE.

18740253_1506045112794237_2569112385162423131_n

Nos dias 27 e 28 de maio, eu (Barbara Barbosa) e minha querida amiga Lela (Valéria Pires), ambas Bike Anjas de Recife, pegamos um ônibus em Recife com destino a Aracaju, animadas e ansiosas para vivenciar a EBA Entre Todos. Foram quase 8 horas de viagem, entre paradas e lanchinhos. Chegamos e logo de cara tivemos uma grata surpresa, uma ciclovia na porta da rodoviária nos convidando a pedalar. Nem a chuva, que caía forte, nos impediu de tirar as bikes do ônibus e sair pedalando pela linda Aracaju.

18664494_1506058142792934_52147434026367341_n.jpg

No sábado, 27, fomos convidadas a participar de um encontro com o pessoal da Casa do Bem, um coletivo que auxilia outros coletivos e ONGs da cidade a se desenvolverem e impactar ainda mais pessoas em suas ações e atividades. O encontro era super animado e cheio de interação, trocamos experiências e criamos laços de amizade com pessoas incríveis. Ahhh… ainda deu tempo para pedalar pela cidade e conhecer o lindo centro histórico da capital Aracajuana.

IMG_20170527_160722.jpg

Já no domingo, o céu abriu um dia lindo e partimos para a EBA Entre Todos. A energia da EBA é contagiante e a ODKV rouba a cena, atiçando a curiosidade de todos que passavam. E além da EBA, tivemos também uma oficina de Braille, que nos cativou e proporcionou ensaiar as primeiras palavras em cada pontinho. Uma das participações mais marcantes pra a gente, foi de uma menina que além de deficiente visual, também é autista e isso nos ajudou a enxergar à importância do cuidado com cada aluno.

18740381_1854154791503945_6411912086519202254_n

O César, Bike Anjo de Aracaju e nosso anfitrião, estava sempre preocupado em fazer a áudio descrição do local para quem não podia enxergar, fazendo da experiência de pedalar algo ainda mais prazerosa. E essa é uma das coisas que teremos que aprender para as EBAs Entre Todos aqui em Recife, a experiência de andar de bicicleta precisa ser completa. Outro ponto que pudemos observar foi a grande dificuldade em transportar a ODKV, vimos o pessoal suar a camisa para conseguir levar a bike até o local da EBA. Essa dificuldade se deve ao fato da ODKV ser fixa (soldada) e não permite separar as bikes, mas já ficamos sabendo, lá mesmo, que o pessoal já está trabalhando numa forma de construir uma ODKV desmontável (não soldada), para facilitar a logística.

Vamos pedalando e aprendendo, agora sairmos com o desafio de fazer a primeira EBA Entre Todos aqui em Recife.

Abraços visse 😉

 

 

Receba as novidades

Fique por dentro de todas nossas novidades

Parceiros